2º Encontro Estadual de Prevenção e Recuperação em Álcool e Outras Drogas Membros fundadores do Comitê para Regulação de Álcool (CRA) participam

Compartilhar :

O 2º Encontro Estadual de Prevenção e Recuperação em Álcool e Outras Drogas ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), dia 22/2, com a participação, entre outros palestrantes, da Profa. Zila Sanchez, da UNIFESP; Mario Sérgio Sobrinho, do Ministério Público de São Paulo; Miguel Tortorelli, da ONG Amor Exigente; Dr. Guilherme Messas, psiquiatra e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo; e Marcelo Ribeiro, do CONED (Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas), membros fundadores do Comitê para Regulação do Álcool (CRA) , lançado na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo dia 31 de janeiro último.

Na abertura, deputados estaduais manifestaram a relevância do tema. Luiz Carlos Gondim destacou que o tema é “difícil e necessário”, enquanto o Delegado Olim ressaltou a necessidade de mobilização da sociedade e dos parlamentares para conseguir mais vagas para internar pessoas que não têm recursos. Gil Diniz apontou o drama causado pelo uso excessivo de álcool nas periferias das grandes cidades e o Sargento Neri reforçou a necessidade de um trabalho de consciência e prevenção do uso abusivo de drogas lícitas.

Marcello Nicastro, Gestor de Educação do Núcleo de Avaliação Estratégia (NAE) da Alesp, organizador do evento, destacou a presença de importantes representantes da universidade, da sociedade civil e do âmbito militar no Encontro, enquanto a Profa. Zila fez uma fala sobre álcool e políticas públicas, lembrando que 1 pessoa a cada 10 segundo morre no mundo devido ao álcool num total de 3 milhões de indivíduos/ano.

Mário Sergio Sobrinho, do Ministério Público de São Paulo, discorreu sobre a Justiça Terapêutica, proposta de cumprimento da legislação penal de forma harmônica com medidas sociais e de tratamento a pessoas que praticam crimes, nos quais o elemento droga esteja presente de alguma forma. Veja vídeo sobre o tema em: https://www.youtube.com/watch?v=l8POlVPWBa4

Miguel Tortorelli, da ONG Amor Exigente, exemplificou que a cultura nacional consiste em tirar a maionese da geladeira e vê-la azedar para dar espaço ao prazer de tomar uma cerveja estupidamente gelada. Reforçou a necessidade de informação para a prevenção e de fiscalização das leis já existentes.

O Dr. Guilherme Messas discorreu sobre a importância da Regulação do Álcool e sobre a criação do Comitê para Regulação do Álcool (CRA), em janeiro último, com integrantes de diversos setores da sociedade. Acentuou que o uso excessivo de bebida alcoólica gera uma grande gama de problemas sociais. Acesse a apresentação aqui: https://www.dropbox.com/s/si4t5frhgsf1cwg/ALESP%202019.pptx?dl=0.

A Capitão Ana Paula Benvenuto, coordenadora do PROERD, Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, acompanhada na apresentação do Coronel da Polícia Militar Eduardo Stanelis, explicou as ações do Programa na direção de uma educação preventiva ao uso de drogas, que tem por objetivo evitar que crianças e adolescentes iniciem o seu uso. Contou como são ensinadas técnicas centradas na resistência à pressão dos companheiros e auxílio para as crianças dizerem não às drogas.

Presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (CONED), Marcelo Ribeiro de Araújo explicou que o órgão está vinculado à Secretária da Justiça e Cidadania com o objetivo de obter uma ação conjunta e articulada com órgãos federais, estaduais, municipais e a sociedade civil na prevenção ao uso indevido de drogas licitas e ilícitas. Argumentou que o diálogo com a sociedade é fundamental e colocou que a esfera pública tem dificuldade em investir na área de pesquisa.

Dr. Ítalo Miranda Junior, Delegado Divisionário do Divisão de Prevenção e Educação (DIPE), que funciona junto ao Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil, mostrou como a entidade executa diferentes frentes de trabalho com intenção de afastar as pessoas do consumo das drogas lícitas e ilícitas.

A Delegada da Polícia Federal Fernanda Medeiros Carvalho de Castro relatou como a questão das drogas se faz presente em diversas facetas da sociedade; e Ronaldo Rissetto , da ONG Amor Exigente, focou a criação da Mother Against Drunk Drivers (MADD/Brasil), com o lema “Sem Álcool no Trânsito”, contando a história dessa Organização nos EUA e nas suas ramificações, como o Canadá.

Desenhista e editor de livros de artes marciais. Fabio Bueno relatou os benefícios dessa prática mental e esportiva em termos de disciplina e como forma de afastar os jovens do universo das drogas lícitas e ilícitas, enquanto o Último Sargento Maurício Sabino destacou, finalizando o evento, que o Encontro reuniu representantes de diversos segmentos da sociedade, o que é fundamental para unir forças em torno de ideais comuns.

O evento ainda homenageou Padre Haroldo, que completou 100 anos no dia do Encontro. Carlos Alberto T. Ribaldo, o vice-presidente do Instituto que leva o nome do jesuíta, seu Presidente Emérito, contou como a ONG, desde 1978, promove cuidados para a vida por meio de seus programas de prevenção, acolhimento residencial e recuperação da dependência química bem como difusão de conhecimento na área.

Na foto, da esq. para dir.: Nicastro, Zila, Messas e Sobrinho.

Saiba mais sobre o CRA (http://www.fcmsantacasasp.edu.br/cra/)

Lançamento do Comitê para Regulação do Álcool
Reunião na FCM/Santa Casa é coordenada pelo Prof. Dr Guilherme Messas
http://www.fcmsantacasasp.edu.br/lancamento-do-comite-para-regulacao-do-alcool/

Regulação do Álcool, uma questão de Saúde Pública
Transmissão ao Vivo realizada em 29/1/2019
Participação de Guilherme Messas, psiquiatra, especialista em Álcool e Drogas e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, e Vitore Maximiano, Defensor Público do Estado de São Paulo
Acesse aqui.

275 visualizações

Compartilhar :