6 formas de manter o controle emocional no concurso público Professora da FCM/Santa Casa é entrevistada sobre o tema

Compartilhar :

Quem vai prestar concurso, já sabe que terá que enfrentar vários obstáculos: a concorrência, os estudos, o controle de tempo e muito mais. Mas se tem uma dificuldade que é quase unanimidade é o descontrole emocional, a ansiedade, a cobrança de si mesmo. Confira aqui 6 formas de manter o controle emocional no concurso público.

Esse é um tipo de problema mais comum em candidatos que não se prepararam bem para os testes, já que, como não estudaram o suficiente, provavelmente estarão nervosos e inseguros. Mas isso também pode atingir quem estudou bastante, pois a pessoa se cobra mais e se sente mais pressionada a ter um bom resultado.

Essa instabilidade emocional inevitavelmente acaba atrapalhando a concentração e o raciocínio, o que faz com que o candidato não consiga responder às perguntas tão bem quanto faria se estivesse mais calmo. Por isso, estar preparado não só por ter estudado, mas a parte psicológica e emocional também, já é uma boa parte do caminho para quem quer se dar bem num concurso público.

Como manter o controle emocional no concurso público
Veja abaixo seguir algumas sugestões para se manter calmo tanto na hora de estudar quanto numa prova. São dicas separadas por especialistas para o site Exame.com:

Exercícios de respiração
Para Rachel Almeida, professora do site Concurso Virtual, um jeito simples para relaxar antes e durante a prova é aprender a controlar a sua respiração. “Quando estamos ansiosos, respiramos mais rapidamente, o que comunica ao nosso cérebro que estamos em perigo. Diminuir o ritmo acalma o organismo”.

Outra dica da neurocientista Carla Tieppo, professora da Faculdade de Ciências Médicas daSanta Casa de São Paulo, é expirar no dobro do tempo da inspiração. Se você puxar o ar para dentro por 3 segundos, por exemplo, solte-o em 6.

Acesse reportagem completa.

86 visualizações

Compartilhar :