Canta Santa faz a abertura do Novembro Negro Campanha do Núcleo de Direitos Humanos promove a reflexão sobre o racismo institucional no Brasil

Compartilhar :

Fotos disponíveis para download no Flickr da  FCM/Santa Casa de SP

A Campanha Novembro Negro foi aberta com uma apresentação especial do Coral Canta Santa nesta segunda-feira, 4, na frente do prédio novo da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Santa Casa de São Paulo. Idealizado pelo Núcleo de Direitos Humanos e Combate à intimidação Sistemática (NDH) da Faculdade, o Novembro Negro oferecerá atividades e palestras para reflexão sobre o racismo institucional no Brasil.

“Trazemos esta discussão para a Faculdade porque falar a respeito é essencial para combater, resolver e minimizar os efeitos do racismo. Precisamos apontar as enormes desigualdades sociais imbricadas no preconceito racial que o Brasil tem ainda hoje’, afirmou a professora Maria Amélia de Souza Mascena Veras, coordenadora adjunta do NDH e integrante do coral.

Os participantes do Canta Santa apresentaram-se usando coletes com tecidos que vieram da África e cantaram músicas alusivas ao continente, à liberdade e aos negros americanos de New Orleans.

No próximo dia 13, às 13h, haverá o evento Racismo Institucional e Saúde da População Negra, com palestras de Claudia Walleska Ronaib Silva, Mônica Mendes Gonçalves e Jacqueline Santos Nunes.  Fique atento ao nosso site e redes sociais, onde será divulgada toda a programação da Campanha.

 Núcleo de Direitos Humanos

Tem finalidade promover o exercício dos direitos humanos, a prevenção e o combate à discriminação, à intimidação sistemática (bullying) e a outras formas de violência, tais como assédio moral e sexual, no âmbito desta Instituição de Ensino.

Mais informações: http://bit.ly/2WJF8jK

Coral Canta Santa

Congrega alunos, docentes e funcionários da FCM/Santa Casa de SP. Os ensaios acontecem às terças-feiras, das 12h às 14h, na sala de reuniões do 11º andar, rua Dr. Cesário Motta Júnior, 61.

Mais informações: http://bit.ly/2NBxDae

Assista à apresentação: 

Leia também:

Palestra contextualiza o racismo institucional por meio de panorama histórico do Brasil (Novembro Negro 2018)

117 visualizações

Vanessa Krunfli Haddad

Compartilhar :