MEC publica vídeos de cientistas que fundamentam proposta do governo para a alfabetização Professora da FCM/Santa Casa é uma das especialistas presentes no evento

Compartilhar :

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na última sexta-feira (28/2/2020) uma série de vídeos de pesquisadores e cientistas que contestam a forma como o Brasil alfabetiza hoje e apoiam algumas das mudanças propostas pelo governo para essa fase da educação básica. Em entrevista para a Gazeta do Povo, o secretário de alfabetização do MEC, Carlos Nadalim, frisou que o governo quer adotar um programa de alfabetização apoiado na ciência, mas sem impor métodos.

ASSISTA aos vídeos aqui.

Os vídeos podem ser acessados no YouTube e foram gravados durante a 1ª Conferência Nacional de Alfabetização Baseada em Evidências (Conabe), realizada em Brasília no ano passado.

Entre os especialistas presentes no evento estavam, na área de neurociência, Linnea Ehri, do Centro de Graduação de Nova York; Catherine Snow, de Harvard; Kenneth Pugh, do Haskins Laboratories; Annemarie Fritz-Stratmann, pesquisadora da Faculdade de Ciências Educacionais da universidade de Duisburg-Essen, na Alemanha; Augusto Buchweitz, doutor e pesquisador do Instituto do Cérebro e professor da Escola de Ciências da Saúde da PUC do Rio Grande do Sul; Ilona Becskehazy, pesquisadora, autora de uma tese doutoral defendida na USP sobre o ensino em Sobral; Ana Luiza Navas (Leia entrevista aqui), da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP); Fernando Capovilla da Universidade de São Paulo (USP); Vitor Haase, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Luiz Carlos Faria da Silva, Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Leia reportagem completa aqui.

71 visualizações

Compartilhar :