Vamos conversar sobre dislexia? Semana da Dislexia: cotidiano do disléxico é de 7 a 13 de outubro

Compartilhar :

Ocorreu, dia 7/10/2019, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o evento “Vamos conversar sobre dislexia?”.

A Profa. Dra. Ana Luiza Navas, Coordenadora do curso de fonoaudiologia da FCMSCSP, tratou do tema O papel do profissional de fonoaudiologia no atendimento de pessoas com dislexia. “Profissionais do trabalho, família, saúde e educação precisam trabalhar juntos em casos de dislexia. O fonoaudiólogo atua na estimulação da linguagem oral, identificação precoce, intervenção especializada, avaliação fonoaudiológica e orientação para apoio educacional” disse.

A Profa. Dra. Tatiana Pontrelli Mecca. Docente do Departamento de Saúde Mental da FCMSCSP, tratou de Contribuições da Neuropsicologia para o diagnóstico de dislexia. “Testes de perfil cognitivo são muito importantes para que ocorra uma avaliação adequada de cada caso”, alertou.

Rauni Jandé Roama Alves, professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT – Departamento de Psicologia – Rondonópolis) falor da Associação Mato-grossense de Dislexia. “A Associação promove palestras, aconselhamentos e grupos de estudos, tratando não só de questões técnicas, mas de aspectos emocionais que envolvem pessoas com dislexia e suas famílias”, relatou.

A mesa “A trajetória e o cotidiano de pessoas com dislexia” reuniu Felipe Affonso Ponce, publicitário, especialista em Gestão de Marketing Digital, criador do DislexClub (“A escola era para mim um local de humilhações continuas até que entendi que o disléxico tem a sua própria maneira de aprender”); e Nicolas De Camaret. Do Instituto ABCD (“Antes de receber o diagnóstico passei por muitos profissionais que não conheciam bem o que era a dislexia. Fiz testes em cabines de audiometria, em um ambiente que podia ser mais humanizado, principalmente para uma criança”).

Programação aqui.

Fotos aqui.

341 visualizações

Compartilhar :