Curso superior em Tecnologia em Sistemas Biomédicos oferece 75 bolsas de até 100%

O profissional de nível superior em Tecnologia em Sistemas Biomédicos atua na área da saúde e tem ganhado bastante espaço no mercado de trabalho devido à multiplicidade de papéis que ele pode desempenhar.

O trabalho desse profissional é importante para o bom funcionamento de tecnologias e garante a segurança de pacientes e profissionais. Apesar disso, há uma carência de trabalhadores qualificados na área no Brasil, o que faz com que o investimento na carreira seja promissor.

Entenda mais sobre Tecnologia em Sistemas Biomédicos e o mercado de trabalho abaixo.

Funções e mercado de trabalho

No geral, o tecnólogo em Sistemas Biomédicos de nível superior é responsável pelo cuidado dos aparelhos médicos, como desfibriladores, monitores, respiradores artificiais etc. Ele pode atuar em cirurgias e em outras condutas em hospitais já que é o responsável pelos equipamentos, incluindo a implantação, realização de manutenções e treinamento dos usuários.

Além disso, esse profissional ainda pode atuar:

  • na qualificação de fornecedores;
  • no cumprimento de orçamentos, planos de manutenção, desenvolvimento de projetos;
  • na definição de plano de aquisição e política de manutenção;
  • na análise de relatórios de inspeção e avaliação de resultados;
  • na elaboração de procedimentos;
  • no zelo pela segurança, saúde, meio ambiente e qualidade.

Além dessas, muitas outras atividades podem ser exercidas pelo profissional formado em Tecnologia em Sistemas Biomédicos, o que oferece grande possibilidade de escolha para a inserção no mercado de trabalho.

Esse profissional trabalha em média 44 horas semanais, e a faixa salarial fica entre R$ 3,2 mil e R$ 3,7 mil, embora seja bastante variável dependendo do cargo e tamanho da empresa, podendo chegar até R$ 14 mil.

Onde atua o profissional de Tecnologia em Sistemas Biomédicos

O mercado de trabalho para a carreira do tecnólogo em Sistemas Biomédicos é bastante diversificado pois esse profissional atua nas mais diferentes frentes de trabalho. Alguns dos principais empregadores são:

  • hospitais;
  • consultórios médicos;
  • laboratórios de análises clínicas;
  • indústrias;
  • órgãos públicos e privados de fiscalização;
  • empresas de consultoria em engenharia clínica;
  • fabricantes e empresas que importam e comercializam equipamentos médicos;
  • instituições de pesquisa.

O curso

Para possibilitar atuação bastante diversa do profissional, o curso em Tecnologia de Sistemas Biomédicos prevê aulas de áreas diferentes, como saúde humana, mecânica, gestão de segurança, tecnologia de equipamentos médicos, gerenciamento de equipes e administração de aparelhos.

A duração do curso costuma ser de seis semestres (3 anos), e as aulas ocorrem, quase sempre, no período noturno, possibilitando ao estudante trabalhar ou realizar outras atividades durante o dia, bem como cumprir horas de estágio e desenvolver sua pesquisa no Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Vestibular 2022 da Faculdade da Santa Casa oferece 75 bolsas de até 100%

Se você se interessou por Tecnologia em Sistemas Biomédicos, vale a pena conhecer a Faculdade da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). A instituição oferece infraestrutura que se adequa aos propósitos multidisciplinares do curso.

O vestibular da FCMSCSP é realizado pela Vunesp e tem a oferta de 100 vagas no curso superior de Tecnologia em Sistemas Biomédicos com oportunidade de bolsa. Confira:

  • 50 vagas para bolsas de 100%;
  • 25 vagas para bolsas de 50%;
  • 25 vagas para ampla concorrência.

Para mais informações, clique aqui.

Foto: Reprodução/Freepik/@ronnachaipark