Saiba o que faz um profissional de Enfermagem em centro cirúrgico

Você provavelmente já sabe que os enfermeiros atuam em locais como clínicas, hospitais ou em domicílio atendendo a pacientes que demandam assistência. No entanto, você sabe quais são os outros papéis desse profissional no centro cirúrgico?

A Enfermagem de centro cirúrgico envolve uma dinâmica fluída, multi e interdisciplinar, com objetivo de assegurar o bem-estar do paciente antes, durante e após os procedimentos cirúrgicos. A seguir, confira as principais características desse campo de atuação.

Atividades inseridas na Enfermagem de centro cirúrgico 

Engana-se quem acredita que a única função do profissional de Enfermagem em centro cirúrgico é prestar assistência ao paciente. Além da assistência, o enfermeiro pode exercer um papel gerencial realizando tarefas administrativas que colaboram para o funcionamento eficaz do setor, também compreendendo a organização dos recursos humanos e materiais que são necessários para o suporte da atividade. 

Entre as tarefas de gestão, estão o desenvolvimento e capacitação constantes da equipe, o uso adequado de equipamentos e instrumentos, o controle de medicamentos e a implementação de medidas de segurança. 

Atuando na gestão, o enfermeiro também é responsável por coordenar e supervisionar as atividades assistenciais, organizar as escalas mensais e garantir que os procedimentos realizados estejam seguindo os princípios éticos. 

Já a assistência de Enfermagem em centro cirúrgico corresponde ao cuidado integral do paciente, contribuindo para a sua recuperação. 

No preparo inicial, o profissional conhece o paciente e constrói uma relação de confiança, apoiando-o psicologicamente. Dessa forma, é fundamental que o enfermeiro tenha uma abordagem compreensiva e calma, tomando as medidas necessárias para acalmar a pessoa atendida. 

A realização de exames pré-cirúrgicos abarca a coleta de materiais, a aplicação do soro e da medicação. É nesse momento que os sintomas do paciente são averiguados e ocorre a explicação de cada procedimento que será feito. 

Na véspera do procedimento, o enfermeiro verifica os dados da cirurgia, checa os preparos iniciais e os pedidos, providencia a coleta de materiais, analisa sintomas, realiza a limpeza e o preparo da pele para o procedimento, acompanha a alimentação e orienta o paciente, sempre prezando um espaço tranquilo e saudável.

No dia da cirurgia, todos os cuidados serão averiguados, para confirmar se as preparações foram realizadas corretamente. Além disso, antes da condução do paciente ao centro cirúrgico, sua situação clínica é verificada por meio da medição de pulso, pressão arterial, temperatura, respiração, entre outros. 

Outro papel crucial do profissional de Enfermagem no centro cirúrgico é ajudar o médico-cirurgião com os instrumentais que serão utilizados, realizando diversas funções no Centro de Materiais e Esterilização (CME). 

O enfermeiro no Centro de Materiais e Esterilização 

O CME é o local no qual ocorre o processamento especializado de esterilização, limpeza, desinfecção, preparo e armazenamento de artigos médico-hospitalares. A atuação do enfermeiro nesse setor é essencial, pois ele é o profissional responsável por adotar as medidas de controle e prevenção de infecções ligadas à assistência. 

As principais atividades dos profissionais de Enfermagem nesse ambiente são relacionadas a supervisão, garantindo o bom funcionamento da unidade; planejamento, com a elaboração de programas de treinamento e educação continuada; garantia do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI); promoção de indicadores no controle de qualidade do processamento dos produtos para saúde; e a testagem da funcionalidade dos materiais.

O enfermeiro desenvolve um trabalho complexo no CME, concentrando características técnico-assistenciais, como a gestão de pessoas e do espaço, o manuseio de novas tecnologias e, ainda, a capacidade de verificar as necessidades de outros segmentos. 

Assim, é preciso que esses profissionais consigam desenvolver habilidades para resolução de problemas, sugerindo soluções apropriadas para a realidade institucional, reduzindo os custos e riscos aos pacientes e, portanto, otimizando o processo de trabalho. Para isso, é importante contar com uma formação específica e de qualidade. 

Com objetivo de capacitar enfermeiros para a atuação especializada no centro cirúrgico, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo oferece o curso de pós-graduação em Enfermagem de Centro Cirúrgico

O curso de pós-graduação em Enfermagem de Centro Cirúrgico e Centro de Material e Esterilização busca formar enfermeiros capacitados para, mediante a aquisição de conhecimentos técnico-científicos específicos, trabalharem na área de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e CME.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *