Quer saber a diferença entre as áreas de Radiologia e Sistemas Biomédicos?

A pandemia do novo coronavírus evidenciou a importância dos profissionais da área de saúde para a sociedade, mas também mostrou a relevância de novas tecnologias que auxiliem os profissionais do setor.

Nesse sentido, duas áreas que vêm ganhando destaque, com mercado de trabalho oferecendo muitas vagas, são as de Radiologia e de Sistemas Biomédicos, pois ambas aliam saúde e tecnologia, garantindo segurança e precisão em diagnósticos e tratamentos.

Confira abaixo mais informações sobre essas áreas da saúde e suas diferenças.

O que faz o profissional de Radiologia

O curso de nível superior em Tecnologia em Radiologia é o responsável por preparar e operar equipamentos radiográficos para diagnóstico por imagens.

O profissional de Radiologia pode atuar em diversas áreas. A que ganhou mais visibilidade recentemente, devido ao seu auxílio no diagnóstico de pneumonia por covid-19, é a tomografia computadorizada, que alia Medicina e Inteligência Artificial (IA). Mas também é possível atuar com raios X, ressonância magnética, Medicina Nuclear, Radiologia Forense e muitas outras especialidades.

Por isso, a área de Radiologia também é bastante diversificada em relação aos locais de trabalho, com o profissional podendo atuar em clínicas, hospitais, laboratórios, ambulatórios, indústrias, centros de pesquisa, clínicas de Radiologia Veterinária etc. 

O que faz o profissional de Sistemas Biomédicos

O profissional de nível superior em Sistemas Biomédicos é responsável por cuidar de aparelhos médicos, como desfibriladores, monitores, respiradores artificiais etc.

Por ser o encarregado dos equipamentos, esse profissional atua tanto na manutenção deles quanto no treinamento de usuários, qualificação de fornecedores, elaboração de procedimentos, cumprimento de orçamentos e, ainda, zela pela segurança e saúde.

Por isso, a área de atuação é bastante diversificada, podendo o profissional trabalhar em hospitais, consultórios, laboratórios, indústrias, instituições de pesquisa, órgãos públicos e privados de fiscalização, empresas de consultoria em Engenharia Clínica e muito mais.

O mercado de trabalho

Com constantes inovações tecnológicas, a área de saúde gera empregos mesmo em tempos de crise. A pandemia da covid-19 expôs mais ainda a importância desses profissionais, fortalecendo o mercado de trabalho e aumentando a oferta de empregos.

Segundo a Catho, site de busca de empregos, houve um crescimento na procura por profissionais de Radiologia de 732% em 2020, o que revela a boa empregabilidade da área, que costuma ter carga horária de 24 horas semanais, permitindo que o profissional tenha mais de um emprego. Em relação à remuneração, a média salarial é de R$ 3 mil mensais.

O mercado de trabalho também mostra ampliação de vagas na área de Sistemas Médicos, com carga horária semanal de 44 horas e média salarial de R$ 3,7 mil mensais, valor que costuma variar dependendo do cargo e da empresa, podendo chegar a R$ 14 mil.

Diferença entre Radiologia e Sistemas Biomédicos

Como é possível observar, ambas as carreiras atuam com inovação e saúde, têm áreas de atuação bastante diversificadas e salários atraentes. A diferença entre elas ocorre no manuseio dos equipamentos.

Enquanto o profissional de Sistemas Biomédicos faz uso, manutenção, instalação e gestão de equipamentos médicos com o objetivo de permitir as melhores condições de funcionamento ao aparelho, o profissional de Radiologia, por meio de técnicas radiológicas, auxilia por meio de exames por imagens, nos diagnósticos e tratamentos de doenças.

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Com a área de saúde em pleno crescimento e as inovações tecnológicas impondo aos profissionais cada vez mais qualificação, é preciso recorrer a instituições de nível superior que ofertem cursos de excelência, com grade curricular adequada ao mercado de trabalho.

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) já formou mais de 5 mil médicos e disponibiliza os cursos de Tecnologia em RadiologiaeTecnologia em Sistemas Biomédicos com 100 vagas em cada um e oportunidades de bolsa. Confira:

Curso Superior de Tecnologia em Radiologia da FCMSCSP:

  • 50 vagas para bolsas de 100%;
  • 25 vagas para bolsas de 50%;
  • 25 vagas para ampla concorrência.

Curso Superior de Sistemas Biomédicos da FCMSCSP:

  • 50 vagas para bolsas de 100%;
  • 25 vagas para bolsas de 50%;
  • 25 vagas para ampla concorrência.

O vestibular da Faculdade da Santa Casa de São Paulo está com inscrições abertas até o dia 4 de outubro. As provas serão realizadas pela Vunesp. Navegue pelo site para saber mais informações sobre esses e outros cursos.

Foto: Reprodução/Freepik/@wavebreakmedia-micro