Saiba o que faz um profissional de Enfermagem em Saúde Coletiva

A área de Enfermagem em Saúde Coletiva é permeada por um conjunto de ações de caráter individual e coletivo que priorizam a promoção da saúde por meio de práticas educativas, preventivas e de reabilitação.

Tendo isso em mente, o profissional de Enfermagem deve buscar ampliar seus conhecimentos sobre a importância da saúde coletiva por meio de cursos, pós-graduações e especializações.

A importância do profissional de Enfermagem em Saúde Coletiva no mercado de trabalho

A Enfermagem em Saúde Coletiva compreende elementos que vão além de saberes e práticas técnicas, ainda que sejam de suma importância, contribuindo para a formação dos profissionais e habilitando-os a trabalhar no SUS (Sistema Único de Saúde) de forma adequada, respeitando as diretrizes e os seus princípios de integralidade, universalidade, equidade e participação social.

No caso, o Enfermeiro em Saúde Coletiva deve estar habilitado, sendo conhecedor de todas as ferramentas que são necessárias para atuar de forma multiprofissional, trabalhando em equipe de acordo com a sua especialidade e, para além disso, prezando o cuidado com o paciente, e não “apenas” a se debruçar sobre a doença, exigindo um processo interdisciplinar que produza conhecimentos, ações e boas práticas levando em consideração a pluralidade existente em cada paciente e reconhecida pela saúde coletiva. 

Esse trabalho em equipe na área da saúde é uma estratégia em Saúde Coletiva que visa ao trabalho lado a lado de diferentes especialidades. Para isso, são exigidos desse profissional diferentes saberes adquiridos durante sua formação. Ou seja, o Enfermeiro em Saúde Coletiva deve ser capaz de analisar, orientar e conduzir relações em seu trabalho de forma a promover uma assistência positiva ao paciente, para além de cuidar da saúde física, promovendo um conceito ampliado de saúde que leva em consideração o conforto, o bem-estar e a saúde mental.

O papel do profissional de Enfermagem em Saúde Coletiva

No atual cenário, um profissional que tenha se especializado com uma pós-graduação em Enfermagem em Saúde Coletiva está alinhado com as atualizações e mudanças neste campo, permitindo que atue de forma a melhorar a realidade social visando à defesa da vida no âmbito coletivo e singular.

Cabe ao enfermeiro especializado em Saúde Coletiva estar em sintonia com os debates sobre a atuação profissional e suas bases, reconhecendo a importância da Saúde Coletiva enquanto campo intrínseco e fundamental ao bom funcionamento do SUS. 

O perfil do profissional de Enfermagem em Saúde Coletiva deve atender a determinados requisitos. São eles:

  • Compreender as metodologias de ação no campo da saúde pública e saúde coletiva;
  • Aplicar os conhecimentos adquiridos durante a pós-graduação em Enfermagem em Saúde Coletiva e nas disciplinas cursadas durante a profissionalização em Enfermagem. Também é necessário ter domínio sobre epidemiologia, saneamento e elementos de Ciências Sociais aplicados à saúde;
  • Estar atento à adoção dos conceitos básicos que precedem o Sistema Único de Saúde (SUS);
  • Ser parte integrante do planejamento da rede básica de serviços de saúde do município;
  • Estudar as normas históricas da organização das políticas públicas e de saúde coletiva presentes, tanto no Brasil todo quanto no município em que atua, assim como as repercussões nas ações de Enfermagem em Saúde Coletiva;
  • Compreender bem os conceitos que sustentam o funcionamento da vigilância à saúde (no sentido de instrumento metodológico), sendo capaz de orientar o planejamento e organização da Unidade Básica de Saúde (UBS);
  • Ter consciência acerca dos preceitos que fundamentaram o planejamento local de saúde coletiva e todas as áreas de saúde que foram formadas a partir disso, tais como: saúde da criança e do adolescente, saúde da mulher, saúde do homem, saúde do idoso, vigilância epidemiológica, de saúde mental e de imunização. (fonte: hospvirt.org.br)

A partir disso, é preciso trabalhar os conceitos com a sociedade para compreender quais intervenções devem ser adotadas na prática da Enfermagem em Saúde Coletiva.

Faculdade da Santa Casa oferece o curso de pós-graduação em Enfermagem em Saúde Coletiva

O curso de pós-graduação em Enfermagem em Saúde Coletiva, promovido pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, tem como principal objetivo desenvolver as competências técnicas, administrativas e políticas de profissionais da Enfermagem para o trabalho na Atenção Primária à Saúde (APS).

Ao realizar o curso, o profissional estará contribuindo para o próprio desenvolvimento e para a prática de saúde coletiva enquanto um direito humano no país.

Conheça o curso pelo site e obtenha todas as informações de grade, carga horária e forma de ingresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *