Campanha Julho Verde incentiva a prevenção ao cabeça e pescoço

Dia 27 de julho é considerado o Dia Mundial do câncer de cabeça e pescoço. A campanha Julho Verde promove a conscientização sobre o tema e incentiva profissionais de saúde para o enfrentamento da doença.

Os tumores de lábios, cavidade oral, faringe, laringe, cavidade nasal e tireoide, agrupados como cânceres de cabeça e pescoço, representam atualmente a segunda maior incidência entre homens brasileiros, ficando atrás somente do câncer de próstata.

Entre os sintomas mais comuns da doença estão:
🥴 ferida na boca persistente por mais de 2 a 3 semanas;
📣 rouquidão ou mudança na voz que não melhora neste mesmo período;
🎤 caroço no pescoço persistente há mais de 2 ou 3 meses;
😟 manchas avermelhadas ou esbranquiçadas na boca;
🤓 dentes moles ou dor em torno deles;
🤭 mau hálito frequente – que durem por duas semanas ou mais;
😰 dificuldade ou dor para mastigar ou engolir;
🥵 irritação ou dor na garganta.

Pessoas que fumam ou bebem e com idade acima de 40 anos, são mais suscetíveis à doença. A cada quatro novos casos, três chegam a estágio avançado, resultando no óbito de cerca de 50% desta população.

Mesmo após o tratamento, que pode ser realizado com cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou imunoterapia, o câncer de cabeça e pescoço pode causar sequelas irreversíveis.

Para este ano são estimados quase 4.800 novos casos de câncer de cabeça e pescoço no Brasil.

O diagnóstico precoce e o tratamento de tumores iniciais contribuem muito para o prognóstico, e muitas vezes os profissionais de saúde não não sabem reconhecer os sinais da doença. Se você tem algum desses sintomas, procure um médico ou dentista.

Cuide-se e previna-se. 💛

Fontes: Inca/Agência Brasil

Para saber mais, acesse bit.ly/CancerCabeca

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *