Generic filters
Somente termos exatos
Buscar no título
Buscar no conteúdo
Search in excerpt

vem pra santa

15/03/2024

Liga de Neurocirurgia da Faculdade realiza aula inaugural em 13 de março

O curso contou com a presença de 105 alunos e teve como tema "Bases anatômicas da técnica operatória em Neurocirurgia"

A Liga de Neurocirurgia da Faculdade de Ciência Médica da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) realizou em 13 de março seu Curso Introdutório. A aula teve como tema “Bases anatômicas da técnica operatória em Neurocirurgia” e contou com a presença do Prof. Dr. Jean Gonçalves de Oliveira, orientador da Liga durante a gestão 2024 e Chefe da disciplina de Neurocirurgia. 

O Curso introdutório, também chamado de aula inaugural, sempre ocorre no começo do período letivo e tem como objetivo introduzir a especialidade médica, neste caso a Neurocirurgia, além de convidar os alunos para as próximas atividades teóricas e práticas da liga. 

De acordo com a aluna e presidente da liga Stephannie Mônaco Bodra, da Turma LX de Medicina, a temática do curso foi essencial para introduzir a Neurocirurgia, uma vez que explica como o procedimento é feito. 

Para além do tema, o professor também apresentou sobre as principais referências da história da Neurocirurgia, relembrando da visita do vencedor do prêmio Nobel, o Dr. Egas Moniz, à Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (ISCMSP). 

O Dr. Moniz recebeu o prêmio por desenvolver a Angiografia — exame que utiliza Raio-X para visualizar e analisar possíveis alterações relacionadas aos vasos sanguíneos, muito comum para diagnosticar aneurisma —, antes da criação da Ressonância e da Tomografia. O trabalho do doutor facilitou o estudo anatômico para a realização de uma Neurocirurgia. 

O Prof. Dr. Jean Gonçalves também apresentou sobre qual era a técnica mais utilizada para realizar uma craniotomia — abertura cirúrgica do crânio realizada com o objetivo de acessar o cérebro —; além de pontuar a importância da posição do paciente na mesa cirúrgica. Segundo Stephannie Mônaco, dependendo da posição da cabeça do paciente, o neurocirurgião tem mais acesso a uma região do cérebro do que outra. “Isso é algo essencial e básico a ser pensado ao se iniciar uma neurocirurgia”, conclui. 

Além dos membros da Liga, o curso contou com a participação dos residentes de Neurocirurgia da Santa Casa de Misericórdia, além de 105 alunos da Faculdade.