Introdução a Nosologia e a Semiologia Psiquiátrica e a Psicofarmacologia

22 Horas / Aula

DOCENTE:
Ricardo Abrantes do Amaral:
médico psiquiatra.

OBJETIVOS:

Apreender as principais funções psíquicas e seus distúrbios; desenvolver o raciocínio clínico que permita a delimitação das síndromes psicopatológicas e dos transtornos mentais; aprender a utilizar os manuais de critérios diagnósticos (CID-10 e DSM-IV); estabelecer relações entre os diagnósticos e os tratamentos psicofarmacológicos, introduzindo o aluno aos principais grupos de psicofármacos e as formas de sua utilização. Familiarizar os alunos com os conceitos básicos e aspectos principais da farmacologia de psicofármacos, considerando suas repercussões terapêuticas. Trabalhar com casos clínicos que envolvam o tratamento com psicofármacos.

JUSTIFICATIVA:

A psicopatologia e a semiologia psiquiátrica são conhecimentos fundamentais da psiquiatria clínica e, como tal, são base de sustentação da formação do profissional de saúde mental. Saber observar, olhar e enxergar, ouvir, perguntar e interpretar permite o desenvolvimento do raciocínio clínico, condição essencial para se alcançar um diagnóstico e se propor tratamentos e intervenções do profissional da área de saúde mental. Além disso, para um trabalho clinico de qualidade, a totalidade dos trabalhadores da área, especialmente os que não são médicos, necessitam poder compreender os tratamentos psiquiátricos propostos e o sentido e consequências clínicas da utilização dos principais psicofármacos, uma vez que contemporaneamente esta é uma das modalidades de tratamento mais utilizadas. O arsenal terapêutico que envolve os psicofármacos tem aumentado nos últimos anos, principalmente em função dos avanços nas neurociências. Assim sendo, a introdução aos fundamentos da psicofarmacologia juntamente com o entendimento da nosologia psiquiátrica inserem-se no curso de especialização em psicopatologia e saúde pública por fornecer os subsídios necessários para a compreensão dos recursos medicamentosos disponíveis no tratamento do sofrimento psíquicos.

CONTEÚDO:

Inicialmente pretende-se definir a psicopatologia psiquiátrica; apontar sua interface com outras áreas do conhecimento e expor os princípios gerais do diagnóstico psiquiátrico. Para isto serão utilizados textos de introdução ao assunto. No segundo bloco será abordada a entrevista junto ao paciente, as funções psíquicas elementares e suas alterações. Finalmente, no terceiro bloco serão abordadas as síndromes psicopatológicas. Para isto, serão utilizados textos e trechos de filmes previamente selecionados que ilustrem alguns aspectos discutidos. Na última parte será apresentada uma rápida introdução aos fundamentos da psicofarmacologia e feita uma discussão sobre os manuais de critérios diagnósticos e os tipos de tratamentos psicofarmacológicos correspondentes que serão abordados a partir dos relatos de casos desenvolvidos pelos alunos durante o curso.

BLOCO I

Definição de Psicopatologia Psiquiátrica
Princípios gerais do diagnóstico psiquiátrico

BLOCO II

Entrevista com o paciente
A consciência e suas alterações
A atenção e suas alterações
A memória e suas alterações
A orientação e suas alterações
A sensopercepção e suas alterações
A afetividade e suas alterações
O pensamento e suas alterações
O juízo de realidade e suas alterações
A psicomotricidade e suas alterações
Funções psíquicas compostas

BLOCO III

Síndromes psiquiátricas

BLOCO IV

Utilização dos manuais de critérios diagnóstico
Os psicofármacos e suas utilizações:
Farmacologia dos Ansiolíticos e Hipnóticos – descrição clínica da ansiedade, bases biológicas da ansiedade, tipos de tratamentos medicamentosos, mecanismos de ação, efeitos colaterais, interação medicamentosa; descrição clínica da insônia, farmacologia dos medicamentos usados na insônia.
Farmacologia dos Antidepressivos – descrição clínica dos transtornos de humor, hipóteses biológicas dos transtornos afetivos; teorias da ação de antidepressivos; farmacologia dos antidepressivos clássicos (inibidores da MAO e antidepressivos tricíclicos); farmacologia dos inibidores seletivos de recaptação de noradrenalina e serotonina, farmacologia de outros antidepressivos.
Drogas Estabilizadoras do Humor – farmacologia do lítio; farmacologia dos anticonvulsivantes; outras drogas utilizadas no tratamento do transtorno bipolar.
Farmacologia dos Antipsicóticos – descrição clínica das psicoses; bases biológicas da esquizofrenia; mecanismos da ação dos antipsicóticos típicos, principais efeitos colaterais; mecanismos de ação dos antipsicóticos atípicos, principais efeitos colaterais.

Bibliografia Básica

ALONSO FERNANDES, F. Fundamentos de la psiquiatria actual. Madrid, Paz Montalvo, 1977, volume 1.
BERRIOS, G. E. The history of mental symptoms. Cambridge, Cambridge University Press, 1996.
BLEULER, E. Tratado de psiquiatria. 10ª ed. Trad. castelhana de Alfredo Guerra Miralles. Madrid, Espasa-Calpe, 1967.

Bibliografia complementar

CABALEIROS GOAS, M. Temas psiquiátricos. Madrid, Paz Montalvo, 1959.
DALGALARRONDO, P. Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais, Porto Alegre, Artmed, 2000.
HIRSCH, S. R. & SHEPERD, M. Themes and variations in european psychiatry. Bristol, John Wright & Sons, 1974.
JASPERS, K. Psicopatologia geral. Trad. brasileira Samuel Penna Reis. Rio de Janeiro, Atheneu, 2000.

Voltar