Álcool, droga legal e invisível

Compartilhar :

O principal problema de saúde no Brasil ligado a alguma droga de uso recreativo é o álcool. Há muita discussão sobre drogas ilícitas e sua legalização ou ainda sobre a violência ligada ao tráfico, que são questões importantes, é claro, mas o grande problema de saúde pública é o álcool porque pode ser comprado em qualquer lugar e em toda festa as pessoas bebem.

Por isso, é necessário ter uma política de saúde pública sobre o tema. Cabe alertar que, quando se fala em álcool, pensa-se geralmente em uma pessoa com algo grave que está desenvolvendo cirrose, não consegue trabalhar e está bebendo o tempo inteiro. Essa é a ponta do iceberg. O grande problema do álcool, porém, não está nessas pessoas que, lamentavelmente sofrem muito, mas são somente uma das partes da questão.

O maior problema está no uso do álcool no cotidiano. Está presente quando as pessoas bebem e dirigem embriagadas e, por exemplo, atropelam alguém e geram dezenas de problemas em cascata. Está também ao ser responsável por faltas constantes no trabalho, o que leva a não conseguir arcar com as despesas da casa. Esse uso difuso na sociedade é impactante e não pode ser negligenciado!

Prof. Dr. Guilherme Messas, Psiquiatra especialista em Álcool e Drogas, é Professor e Coordenador do Programa de Duplo Diagnóstico em Álcool e Outras Drogas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Contato: gmessas@gmail.com

ATUALIZAÇÂO: Este artigo foi publicado em 31/7/2018, no veículo O Imparcial de Araraquara no link http://jornaloimparcial.com.br/artigos/alcool-droga-legal-e-invisivel/. Dia 30/1/2019, o Departamento de Comunicação e Marketing da FCMSCSP entrou em contato pelo canal Contato do veículo, solicitando correção do crédito do autor do texto conforme consta acima. Aguardamos retorno desde então.

207 visualizações

Compartilhar :