FCMSCSP em 2018: caminho da excelência Bons resultados nas avaliações externas são destaque

Compartilhar :

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo permanece no caminho da excelência e de cada vez mais buscar aprimorar suas atividades de formação e ser, portanto, reconhecida por isso e contribuir efetivamente para melhoria das condições de saúde e vida da população brasileira.

Dessa forma, e na tônica de ser sempre avaliada e buscar subsídios para o seu aprimoramento, diversos movimentos e avaliações foram feitas, em 2018, e cabe destacar alguns deles:

– Em outubro de 2018, a Faculdade recebeu a visita do MEC (Ministério da Educação e Cultura) para avaliar o Recredenciamento do Curso de Graduação em Enfermagem e em face do exposto, e de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC), o Curso de Enfermagem obteve nota máxima (5), devido ao seu perfil de qualidade de EXCELÊNCIA.

– Em setembro de 2018, foi divulgado o RUF – Ranking de Cursos da Folha de São Paulo, onde os Cursos de Graduação em Medicina e Enfermagem, tiveram destaque. É importante lembrar que o curso de Graduação em Fonoaudiologia, 4 estrelas no “Guia do Estudante – Melhores Universidades 2017”, e os cursos de Graduação Tecnológica (Radiologia e Sistemas Biomédicos) não constaram nesta edição do RUF 2018, pois o estudo considerou somente os 40 programas de graduação mais procurados no Brasil.  Segundo a organização do RUF, os dados utilizados como indicadores da avaliação são coletados por uma equipe da Folha em bases de patentes brasileiras; de periódicos científicos; do MEC; e em pesquisas nacionais de opinião feitas pelo Datafolha.

– Em 31/10/2018 o Ministério da Saúde divulgou o resultado final da seleção de projetos para o Programa Educação pelo Trabalho para a Saúde – Interprofissionalidade 2018/2019. A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo foi contemplada.

– A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) recebeu conceito 5, o mais elevado, do MEC/INEP no seu processo de avaliação para Credenciamento de EaD (Educação a Distância). A Faculdade aguarda agora a publicação da Portaria de Credenciamento Institucional de EaD para iniciar a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu nessa modalidade de ensino. A FCMSCSP foi visitada por Comissão de especialistas do MEC/INEP entre 3 a 5/12/18. Foram realizadas reuniões, com verificação de documentação, visita às instalações e análise da infraestrutura física da Instituição, em especial, àquelas relacionadas as novas Tecnologias da Informação e Comunicação.

Por mais um ano, a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo voltou a obter importantes reconhecimentos do mercado. Entre eles, o Selo Guia do Estudante, conferido aos Cursos de Graduação em Medicina (4 Estrelas), Graduação em Enfermagem (4 Estrelas), Graduação em Fonoaudiologia (4 Estrelas).

FCMSCSP EM NÚMEROS

ALUNOS
1.233 Alunos de graduação
246 Alunos de pós-graduação “stricto sensu”
1.552 Alunos de pós-graduação “lato sensu”

DOCENTES
397 Docentes titulados
302 – 76,2 % doutores
75 – 18,8 % mestres
20 – 5,0 % especialistas
95% mestres e doutores.

Prosseguiram as produções de Mestrados e Doutorados, os concursos acadêmicos públicos para o ingresso e o acesso ao corpo docente. A produção bibliográfica e científica do Corpo Docente coloca a Faculdade em ótimo conceito perante o MEC – Ministério da Educação e Cultura.

Os órgãos de apoio à Diretoria, a CPA (Comissão Própria de Avaliação), Saúde dos alunos, Biblioteca, NRI (Núcleo de Relações Internacionais, NAI (Núcleo de Acessibilidade Institucional), NDH (Núcleo de Direitos Humanos e Combate à Intimidação Sistemática, Comissão Científica, CES (Centro de Ensino em Simuladores), contribuíram muito com os objetivos da Instituição.

Por este panorama geral, pode-se perceber que a FCMSCSP continua cumprindo sua missão, conforme proposta explicitada nos documentos regimentais e de desenvolvimento institucional.

O ano de 2018 se caracterizou pela intensidade de trabalho do conjunto da comunidade acadêmica e pelos avanços avaliativos que a Faculdade, como um todo apresentou.

Isto significa mais trabalho, maiores desafios e muito mais necessidade de energia para atravessarmos 2018 com o mesmo ou melhor desempenho que o presente ano.

Acreditamos que,  se obtivermos a coesão oportuna, em 2019, estaremos novamente comemorando nossas conquistas.

218 visualizações

Compartilhar :