Rede antivacina no Brasil importa teorias da conspiração dos EUA e cresce com sistema de recomendação do YouTube Professor da FCM/Santa Casa é entrevistado pelo Portal UOL

Compartilhar :

Segundo José Cássio de Moraes, especialista em imunização e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, não há problema em crianças e adultos receberem a mesma quantidade de partículas virais em uma vacina de febre amarela porque eles têm respostas imunológicas iguais.

Veja reportagem completa.

78 visualizações

Compartilhar :