Cofen publica diretrizes para serviços de Enfermagem frente o COVID-19 Objetivo é garantir a segurança da população e dos profissionais

Compartilhar :

O Conselho Federal de Enfermagem publicou hoje (20/3) documento com diretrizes para organização do serviço de assistência frente à pandemia do coronavírus (COVID-19). As orientações incluem a formação de uma equipe de resposta rápida, definição de pontos de recepção específicos para pacientes com sintomas respiratórios e outras medidas para adequar à assistência de Enfermagem à crise e trazer mais segurança aos profissionais.

“A Enfermagem está na linha de frente do atendimento ao coronavírus. É nosso compromisso orientar as equipes de Enfermagem para uma maior segurança dos serviços e dos profissionais”, afirma o presidente do Cofen, Manoel Neri.

“O Comitê de Crise tem recebido pedidos de informação de profissionais de todo o Brasil sobre  a organização dos  serviços de Enfermagem e utilização do Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Preparamos um documento orientador, em consonância com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde (MS) e demais autoridades sanitárias”, explica a enfermeira Viviane Camargo, integrante do comitê.

O manual traz, ainda, a recomendação de uso dos EPIs em cada ambiente de trabalho dos profissionais de Enfermagem (hospitais, ambulatórios e comunidade). Racionalizar o uso dos insumos é fundamental para assegurar a proteção e minimizar risco de desabastecimento.

Acesse: Recomendações gerais para organização dos serviços de saúde

Mais informações: http://www.cofen.gov.br/cofen-publica-diretrizes-para-servicos-de-enfermagem-frente-o-covid-19_78031.html

 

 

 

482 visualizações

Compartilhar :