13/11/2020

Encontro da Enfermagem aborda a reabilitação de pessoas com quadros demenciais O evento mostrou como é importante a atuação da enfermagem tanto com os pacientes quanto com seus familiares e cuidadores

Compartilhar :

Ana Carolina Santana de Sena, especialista em terapia intensiva

A atuação do enfermeiro na reabilitação dos pacientes com quadros demenciais foi o tema do 12º Encontro de Enfermagem em Reabilitação Física da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, realizado nesta sexta-feira, 13 de novembro, na modalidade online. O evento é organizado pela Profa. Dra. Marcele Pescuma Capeletti Padula, docente do Curso de Graduação em Enfermagem da FCMSCSP e coordenadora da disciplina optativa “Enfermagem em Reabilitação Física”.

A palestrante convidada dessa edição foi a enfermeira educadora Ana Carolina Santana de Sena, especialista em terapia intensiva. Ela fez uma ampla abordagem sobre idosos com demência ou delirium e de que forma o enfermeiro pode agir para proporcionar um bom cuidado no hospital e, também, na desospitalização desses pacientes, garantindo a melhor orientação a cuidadores e familiares que irão acompanhar o dia a dia do idoso.

Sena falou sobre as dificuldades cognitivas enfrentadas pelas pessoas com quadro demencial e como elas impactam o seu cotidiano, sendo necessário o auxílio de um cuidador para a realização das atividades de vida diária. A enfermeira explicou que o profissional de enfermagem deve ficar atento ao cuidador desse paciente para, se necessário, ajudar a providenciar soluções para que o idoso seja assistido da melhor maneira possível ao deixar o hospital. “Às vezes, quem está disponível para cuidar do idoso é uma pessoa também idosa, o que trará dificuldades para ambos, sendo importante considerar outras opções”. Sena também lembrou que há cuidadores que desenvolvem quadros de estresse por postergarem os autocuidados.

42 visualizações

Vanessa Krunfli Haddad

Compartilhar :