04/08/2021

Faculdade da Santa Casa de São Paulo celebra convênio para acelerar a introdução da saúde digital à prática clínica e assistencial Reafirmando seu compromisso com a inovação, a FCMSCSP unirá o rigor do saber biológico à modernidade das ferramentas digitais

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) celebrou na manhã desta quarta-feira (4.ago.2021) Convênio de Cooperação Científica e Tecnológica com a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS). O objetivo principal da parceria é possibilitar aos alunos do cursos de graduação e de pós-graduação da instituição, que sua capacitação em ciências médicas ocorra simultaneamente à habilitação às novas tecnologias da saúde digital. Além disso, a parceria prevê o desenvolvimento de curso de pós-graduação lato sensu para qualificar alunos, egressos, comunidade da área médica e demais profissionais da área da saúde em temas emergentes com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), telemedicina, prescrição eletrônica, auditoria médica, entre outros.

As ações desenvolvidas deverão trazer diferenciais relevantes para a formação dos alunos, acontecendo de modo transdisciplinar com a participação e a troca de experiências entre profissionais de diversas áreas, além médicos e demais profissionais de saúde. “Sabemos que o futuro vai obrigar que todos os profissionais da área de saúde tenham o conhecimento na área digital, e queremos oferecer aos nossos alunos e colaboradores a oportunidade de ter um upgrade nesse aspecto em suas formações”, destacou o reitor da FCMSCSP, José Eduardo Lutaif Dolci. “Vamos criar novas disciplinas relacionadas à saúde digital para que nosso aluno conclua o curso com os conhecimentos necessários para continuar prestando a melhor assistência humanizada.”

O relacionamento da SBIS com universidades e demais instituições de saúde dos setores público e privado é intensa. Entre outras atividades, a entidade, fundada há 35 anos, realiza anualmente o Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, que é o principal fórum de submissão de trabalhos acadêmicos na área da saúde digital. “Para a SBIS é um grande privilégio estabelecer essa parceria porque a Faculdade da Santa Casa de São Paulo é uma referência no ensino na área de saúde no país”, disse o presidente da entidade, Luis Gustavo Gasparini Kiatake. “O convênio possibilitará que progridamos com a saúde digital no país, principalmente nesse momento de pandemia, que escancarou a necessidade de termos uma saúde mais intensa, de cobertura nacional, rápida e com custos menores. Tenho certeza absoluta que a saúde digital é fundamental para que alcancemos esses objetivos.”

Inovar com tradição sempre foi a marca da Faculdade da Santa Casa de São Paulo

Para o vice-reitor da Faculdade da Santa Casa de São Paulo, Irineu Francisco Delfino Silva Massaia
, a parceria com SBIS mostra-se auspiciosa ao possibilitar a troca de experiências por meio da expertise da entidade em saúde digital, às ações de modernização que já estão em desenvolvimento na FCMSCSP como a construção dos novos ambientes e cenários de práticas clínicas que passarão a envolver o mundo digital, por meio de áreas como a informática clínica. “Recentemente inauguramos o Centro de Simulação Realística e de Telessaúde e Telemedicina, e a SBIS poderá contribuir na certificação desses equipamentos didáticos e de assistência”, disse. “Somos muito entendedores do biológico, e queremos aprofundar essa relação com o digital. Vamos oferecer, cada vez mais, um aprendizado em que o digital esteja associado ao que ensinamos na área biológica.”

Massaia lembra que a Faculdade da Santa Casa de São Paulo tem o compromisso com a inovação em sua história. Há 58 anos, no momento de sua fundação, a instituição foi a pioneira a introduzir a formação prática dos estudantes do curso de medicina já a partir do primeiro ano acadêmico. Até então, o contato dos alunos com a prática clínica e assistencial se dava a partir do quinto ou sexto ano do curso. “Inovamos no passado, com humanismo e compromisso com o rigor científico, e, hoje, continuamos a trazer inovação, dessa vez unindo de modo permanente o saber biológico às ferramentas digitais.”

Participaram ainda do ato de assinatura do convênio Paula Fuscaldo Calderon e Adriano Gliorsi, respectivamente tesoureira e diretor de Inovação e Marketing da SBIS. 

Legenda foto: 

Na foto, da esq. para a dir., o vice-reitor da FCMSCSP, Irineu Francisco Delfino Silva Massaia; os diretores da SBIS, Adriano Gliorsi e Paula Fuscaldo Calderon; o reitor da FCMSCSP, José Eduardo Lutaif Dolci, e o presidente da SBIS, Luis Gustavo Gasparini Kiatake (Foto: João Vitor Américo)

272 visualizações