Folha na Sala discute se é seguro voltar às escolas antes de um vacina Professor da FCM/Santa Casa é entrevistado pelo Podcast Folha na Sala da Folha de S. Paulo

Compartilhar :

No episódio desta terça (28/7/2020) do Folha na Sala, infectologistas debatem qual o papel das crianças na disseminação da Covid-19 e como a reabertura das escolas podem afetar a evolução da pandemia no país.

Segundo Marco Aurélio Sáfadi, pediatra e infectologista professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, as evidências coletadas até agora pela comunidade científica apontam que as crianças não desenvolvem formas graves da doença, mas podem transmiti-la.

Acesse aqui.

Um estudo sul-coreano publicado pelo Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos aponta que, ao passo que as crianças com menos de 10 anos têm metade das chances de um adulto de transmitir o coronavírus para outras pessoas, jovens entre 10 e 19 anos têm a mesma taxa.

A preocupação aumenta com um levantamento de dados da Fiocruz que mostra que 9 milhões de pessoas em grupos de risco convivem com crianças e jovens entre 3 e 17 anos.

Especialistas ponderam, no entanto, que é preciso organizar uma volta segura às escolas para não comprometer ainda mais o aprendizado e sociabilização das crianças.

A Dinamarca, um dos primeiros países a voltar às salas, mostra que é possível reabrir as escolas e manter os números de contágios em queda, mas Israel, ao fazer uma abertura considerada precipitada, transformou as escolas em focos de contágio e agora avalia um lockdown.

O Folha na Sala é uma parceria da Folha com o Itaú Social. O programa é apresentado pelos jornalistas Ricardo Ampudia e Juliana Deodoro. A coordenação é de Fábio Takahashi e Magê Flores. A edição de som é de Stefano Maccarini.

Você pode acrescentar o nosso programa no seu agregador de podcasts usando o link https://anchor.fm/s/e66fb94/podcast/rss

105 visualizações

Compartilhar :