Plataforma online divulga perfil de 250 pesquisadoras brasileiras de destaque Iniciativa quer dar mais visibilidade para o trabalho de 50 mulheres de 5 áreas do conhecimento com atuação de excelência

Compartilhar :

Para dar mais visibilidade ao trabalho das cientistas mulheres do Brasil, foi lançada nesta quarta-feira, 12, a plataforma online Open Box da Ciência, que destaca o trabalho de 250 pesquisadoras consideradas protagonistas em suas áreas.

O projeto cruzou dados do Censo da Educação Superior com informações de outras bases de dados oficiais, como a Plataforma Lattes, para rastrear os número de artigos científicos publicados, prêmios recebidos, eventos organizados pelas cientistas e se elas estão engajadas em divulgação científica.

A partir da análise, foram mapeadas 50 pesquisadoras de destaque em cinco áreas: ciências biológicas, ciências sociais aplicadas, ciências exatas e da terra, engenharias e ciências da saúde. Não foi criado um ranking de melhores. O objetivo é mostrar as mulheres que estão fazendo pesquisa de excelência no País, explicou a cientista de dados Natália Leão, responsável pela pesquisa e metodologia da plataforma.

A iniciativa da organização Gênero e Número, financiada pelo Instituto Serrapilheira, considerou os critérios da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para a concessão de bolsas de apoio à pesquisa para desenvolver um algoritmo que listou todas as pesquisadoras do País com doutorado. Na plataforma, de acesso livre, é possível ver o perfil das pesquisadoras, reportagens que narram suas trajetórias, além de algumas análises dos dados observados.

Reportagem completa aqui.

135 visualizações

Compartilhar :