Pretos têm 62% mais chance de morrer por Covid-19 em São Paulo do que brancos Professora da FCM/Santa Casa é entrevistada pelo Portal G1

Compartilhar :

Os pretos moradores da cidade de São Paulo têm uma chance 62% maior de morrer por Covid-19 do que os brancos. Os pardos têm 23% mais risco. Os dados são resultado de uma análise científica das mortes registradas na cidade até 17 de abril, uma parceria entre o grupo de cientistas Observatório Covid-19 e a Prefeitura de São Paulo.

Karina Ribeiro, epidemiologista e professora-adjunta da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, é autora do estudo e precisou separar os dados por faixa etária e raça/cor, quantidade total de moradores para cada uma dessas informações, além de fazer um ajuste matemático para chegar à taxa de risco por raça na cidade.

A classificação segue um padrão de raça/cor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): pardos e pretos são considerados como negros em conjunto. Os números também aparecem no boletim epidemiológico da cidade divulgado nesta terça-feira (28).

leia reportagem completa no Portal G1: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/04/28/pretos-tem-62percent-mais-chance-de-morrer-por-covid-19-em-sao-paulo-do-que-brancos.ghtml

 

124 visualizações

Compartilhar :