26/10/21

Prof. Dr. José Cassio de Moraes fala ao Estadão sobre cobertura vacinal Especialista alerta para o risco da volta de epidemias como de sarampo, se cobertura vacinal continuar em queda

O professor Dr. José Cassio de Moraes, titular do Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) falou ao jornal Estadão , em matéria publicada em 17/out/21 sobre o risco de surgirem novas epidemias devido à redução da cobertura vacinal. “No caso do sarampo, podemos ter uma epidemia de porte razoável nos Estados brasileiros, dado essa baixa cobertura vacinal. Facilmente, a doença encontra condições suscetíveis. É uma doença benigna, mas que pode apresentar muitos casos de óbitos e encefalites”, afirma o professor.

Em outra matéria, publicada em 23/out/21, o Estadão trata sobre a afirmação da farmacêutica americana Pfizer que sua vacina contra covid-19 é 90,7% eficaz em crianças entre 5 e 11 anos, o que abre margem para aplicação nesse público nos EUA. Atualmente, o imunizante da marca é o único aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para adolescentes de 12 a 17 anos no Brasil. “A gente já sabia desse estudo e a perspectiva que tínhamos é de que realmente funcionaria, porque esse público responde melhor às vacinas do que a população mais velha”, aponta.

53 visualizações