Projeto da Santa Casa está entre os Grandes Finalistas do Prêmio Euro Inovação de Saúde O voto popular é exclusivo para médicos

Compartilhar :

O projeto de Prevenção de Sequelas Neurológicas em Bebês, criado por grupo de especialistas que atuam na Santa Casa de São Paulo, intitulado PBSP – Protecting Brains & Saving Futures, sob responsabilidade do Dr. Gabriel Fernando Todeschi Variane, medico formado pela FCM/Santa Casa está entre os Grandes Finalistas do Prêmio Euro Inovação de Saúde, um dos maiores prêmios em inovação em saúde do país.

Nesta fase final, são apenas 11 finalistas entre os mais de 1500 projetos inscritos.

O projeto alia tecnologia e inteligência para levar assistência altamente especializada a múltiplos centros neonatais e já tem atuação nacional e internacional.

A iniciativa, que nasceu de um grupo formado e com atuação dentro da UTI Neonatal da Santa Casa, já representa uma das maiores redes de neuroproteção neonatal do mundo inteiro.

O voto popular é exclusivo para médicos.

Clique aqui para votar: https://premioeuro.com.br/login


Sobre o Prêmio
Na fase anterior, as 105 finalistas receberam os votos de mais de 15 mil médicos de todo Brasil que definiram os vencedores. Agora, toda comunidade médica nacional voltará a votar, mas para escolher, entre os melhores, e que já garantiram o prêmio de € 50 mil*, o Grande Vencedor, e merecedor do valor máximo de € 500 mil*.

*Valores não-cumulativos, convertidos para reais e sujeitos à retenção de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) conforme a legislação vigente.


Sobre o Projeto
Protecting Brains & Saving Futures – PBSF
Código EUR007SP
Tema: Prevenção , Tecnologia
Médico responsável: GABRIEL FERNANDO TODESCHI VARIANE
CRM: 141007-SP
Instituição: ISCMSP e PBSF

A incidência de sequelas neurológicas em recém-nascidos (RN) de alto risco é elevada e tem enorme impacto socioeconômico. Atenção especializada, metodologias como hipotermia terapêutica e monitoramento cerebral permitem diagnóstico precoce e tratamento mais eficaz a RN críticos. A PBSF é uma organização privada que atua com sistema avançado de telemedicina para implantação da UTI Neonatal Neurológica em hospitais por meio de uma central de monitoramento remota, preconizando o uso de tecnologia e inteligência para prevenção de sequelas neurológicas em RN. No período entre julho de 2017 e outubro de 2019, foram monitorizados 27 hospitais brasileiros localizados em todas as regiões do Brasil. Foram monitorizados 2.107 pacientes, somando 136.687 horas de monitorização e 22.781 interações entre equipe remota e local, constituindo o maior banco de dados em neuromonitorização neonatal remota do mundo. Foram realizados mais de 50 treinamentos especializados. O monitoramento cerebral associado à telemedicina possibilitou homogeneidade de protocolos e condutas entre múltiplos centros públicos e privados, resultando em terapêutica mais rápida e eficaz, reduzindo assim a chance de sequelas neurológicas graves em longo prazo e ampla escala.


Sobre Dr. Gabriel Fernando Todeschi Variane
Possui graduação pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (2004-2009) e residência médica em Pediatria pela Santa Casa de São Paulo (2011-2013). Residência médica em Neonatologia pela Santa Casa de São Paulo (2013-2015). Tem experiência na área de Medicina, Pediatria e Neonatologia. Atualmente é médico assistente da Neonatologia do Departamento de Pediatria da Santa Casa de São Paulo e Médico Neonatologista e Responsável pela UTI Neonatal Neurológica do Hospital e Maternidade Santa Joana. Atua no Centro de Treinamentos do Hospital do Coração em São Paulo, como instrutor do Curso de Suporte Avançado de Vida em Pediatria, registrado pela American Heart Association. Apresenta linha de Pesquisa em neuroproteção, neumonitorização e avaliação de injúria cerebral. Realizou estágios observacionais em UTIs neonatais da Stanford University (EUA), McGill University (Canadá) e University of Cambridge (Reino Unido). Faz parte do Comitê de Colaboração Científica entre a Universidade de Stanford (EUA) e o Grupo Santa Joana (Brasil). Faculty reconhecido pela American Heart Association em Suporte Avançado de Vida em Pediatria, local de atuação em CETES, HCOR Membro e participante da Câmera Temática de Médicos Jovens – Conselho Regional de Medicina de São Paulo, Brasil Realizou Curso de Pesquisa Clínica pela Universidade de Harvard, EUA, entitulado Principles and Practice of Clinical Reasearch (PPCR), onde recebeu Award por excelente participação e desempenho.

450 visualizações

Compartilhar :