09/09/2021

Trabalho de professores da FCMSCSP será apresentado no maior evento mundial da área, em Las Vegas Pesquisa da Profa. Dra. Fabiana Toledo Bueno Pereira contou com orientação do Prof. Dr. Wagner Ricardo Montor

O trabalho “PD-L1 x CTLA-4 in invasive bladder cancer”, que teve como base a tese de doutorado da Profa. Dra. Fabiana Toledo Bueno Pereira, do Departamento de Ciências Patológicas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), sob orientação do Prof. Dr. Wagner Ricardo Montor, do Departamento de Ciências Fisiológicas, foi selecionado para ser apresentado no 2021 Annual Meeting of the American Urological Association, que é considerado o maior evento mundial da área, representando uma grande conquista para os pesquisadores da FCMSCSP.

O evento ocorrerá entre 10 e 13 de setembro, sendo que a apresentação será realizada no dia 13, às 11h50 (horário de Brasília). Inicialmente, a realização do evento seria presencial, contudo, em decorrência do agravamento da pandemia de covid-19 nos EUA, optou-se de última hora pelo formato on-line. Somente inscritos terão acesso à transmissão.

Pesquisa contribui para o estudo de novas opções terapêuticas baseadas na imunoterapia

O estudo compara a expressão das proteínas PD-L1 e CTLA-4 no microambiente tumoral em casos de câncer de bexiga músculo-invasivo. Essas proteínas, quando expressas, podem corresponder a possíveis alvos terapêuticos ou para tratamento específico complementar ou em substituição do tratamento padrão em casos de impossibilidade de seu uso. “Além de ter sido selecionado para o evento, fomos agraciados com a categoria “Podium”, que permite a apresentação oral do trabalho, o que é muito significativo. É uma honra ter um trabalho de nossa instituição, realizado com nossos recursos, em um evento de tamanha magnitude”, destaca a professora Fabiana.

Segundo ela, o estudo contribui para a pesquisa de novas opções terapêuticas baseadas na imunoterapia, com dados inéditos referentes às vias imunes PD-L1 e CTLA-4 no câncer de bexiga, podendo contribuir para as áreas de Patologia, Oncologia e Urologia. “Há estudos prévios nessa área, entretanto, nenhum outro até o momento encontrou dados referentes à comparação entre essas duas vias no câncer de bexiga músculo-invasivo”, disse.

Comparação entre a expressão das proteínas PD-L1 e CTLA-4 é o diferencial do trabalho dos professores da Faculdade da Santa Casa

No evento é esperado que sejam apresentados outros trabalhos sobre o tema, uma vez que se trata de um tópico em alta no momento. Contudo, o trabalho apresenta o diferencial de comparar a expressão das duas proteínas (PD-L1 e CTLA-4), enquanto a maior parte dos estudos tende a abordar cada uma delas individualmente. “Além disso, o nosso estudo tem o grande diferencial de apresentar metodologia compatível com os recursos disponíveis no SUS. Ou seja, a parte laboratorial foi baseada em imuno-histoquímica, técnica disponível no SUS. Grande parte dos outros trabalhos são realizados com biologia molecular, técnica ainda não acessível em nossa realidade”, adiantou a autora.

138 visualizações