21/10/2020

Vacina com proteção ampliada contra a meningite entra no Calendário Nacional de Vacinação Professor da FCM/Santa Casa é entrevistado pelo Jornal Nacional da TV Globo

Compartilhar :

No Brasil, a vacina com proteção ampliada contra a meningite agora faz parte do Calendário Nacional de Vacinação.

A nova vacina contra meningite já está em postos de saúde. Quase 4 milhões de doses foram distribuídas. A meningite é a inflamação, principalmente por ação de vírus ou bactérias, que atinge as meninges, membranas que protegem o cérebro e a medula. Quando provocada por bactérias, a doença é mais grave e pode matar. A meningite bacteriana mais frequente é chamada de meningocócica.

Até o começo de 2020, o SUS só oferecia vacina contra a Meningite Meningocócica tipo C, que é a mais comum no Brasil, mas existem outros tipos da doença que podem ser mais perigosos. E a proteção contra eles só estava disponível em redes particulares.

A vacinação pelo SUS segue esse calendário: bebês com 3 meses precisam receber a primeira dose da vacina contra a meningite C. Outra dose aos 5 meses e um reforço com 1 ano de idade. Ainda havia outra dose entre 11 e 14 anos. Este ano, passou a ser entre 11 e 12. E, nesse último reforço, a vacina da rede pública agora protege contra as meningites “A”, “C”, “W” e “Y”. A vacina contra o tipo B continua restrita a clínicas particulares.

Em 2018, o Brasil teve mais de 15 mil casos da doença, dos quais mais de mil de meningite meningocócica – que matou 20% dos doentes.

Professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o médico Marco Aurélio Sáfadi, da Sociedade Brasileira de Pediatria, no Jornal Nacional, de 17/10/2020, disse que a nova vacina deve ajudar no controle da meningite: “A adição desses novo tipos – A, W, Y – oferece uma perspectiva de ampliar, em mais ou menos 20% a 25%, a cobertura dos tipos de meningocócica que aqui circulam. Esse tipo W é um tipo que nos preocupa de forma particular em função da sua agressividade”.

Veja reportagem completa.

36 visualizações

Compartilhar :